Líderes mostram porque os dados são o novo petróleo

  • 0

Líderes mostram porque os dados são o novo petróleo

Tags : 

Líderes mostram porque os dados são o novo petróleo

Tecnologia – 04 de junho de 2018 às 12h33

Mercado se movimenta para torná-los valiosos na efervescência provocada pelo digital. Big data e tecnologias aliadas ganham destaque nesse cenário
Solange Calvo

Dados nunca foram tão valiosos e críticos para todos os tipos de negócio. Na era digital, crescem freneticamente em volume, fortalecendo a cada dia seu status altamente estratégico. Mas para que virem ouro precisam ser de alta qualidade e essa transformação depende de data & Analytics e de aliados como Inteligência Artificial e Deep Learning.

A recomendação da consultoria global Gartner é que os líderes de TI adotem big data e tecnologias disruptivas para planejarem armazenamento e gerenciamento de mais dados porque a tendência é que o volume não pare de crescer.

De acordo com levantamento da consultoria, o investimento em big data em solo nacional deve aumentar em 25% em 2018. E segundo a consultoria IDC Brasil, o mercado mundial de Big Data e Analitycs deverá movimentar US$ 41,5 bilhões no mesmo ano.

Quem percebeu nos dados um trunfo importante para o negócio foi Fábio Sayeg, CEO da Zoly, especializada em data business e marketing services. O insight aconteceu em 2015, em um evento nos Estados Unidos, com foco em como a indústria estava usando seus dados, de clientes e de parceiros, em suas estratégias, ele diz.

Não demorou para que no mesmo ano, quando ainda era uma agência de Marketing Digital, a WROI, a empresa adquirisse a consultoria Lúcida para ganhar competência com profissionais qualificados na área de dados. “Incorporamos o time de 30 professores e também físicos, estatísticos e matemáticos, responsáveis pelo tratamento de dados e seu gerenciamento”, lembra o executivo.

Então a WROI e a Lúcida se fundiram e deram origem à atual Zoly, uma companhia com mais processos e foco em dados. Mas esse avanço foi além em 2017 com a aquisição da GPMídia. “Assim nos tornamos uma consultoria com competências em Data Business e Marketing Services, que associa análise avançada de dados, performance, criação, CRM e UX para ajudar clientes na Transformação Digital, estruturação de negócios e incremento de resultados”, realata.

Na esteira da evolução do mercado, a Zoly criou a área Digital Analytics, um braço estratégico de Transformação Digital, que trabalha com dados orientados aos objetivos de negócio. É responsável pela análise e gerenciamento de todos os pontos de contato com o consumidor, que são os variados canais que incluem redes sociais, telefone, lojas físicas, no modelo omnichannel, com o objetivo de entender e organizar as informações.

A área, segundo Sayeg, também cuida do entendimento do negócio e traça estratégias para processos mais eficientes, verificando o que é de fato importante. “Tudo é oferecido como consultoria, mapeando necessidades e fomentando a modernização da cultura da organização para o digital.”

E acrescenta: “Um dos grandes pontos do nosso trabalho é recuperar o lado estratégico do Marketing nas empresas, muitos tinham parado de olhar para a estratégia do negócio. Isso foi possível com a visibilidade proporcionada pelo tratamento dos dados. Eliminando a teoria do ‘achismo’, o trabalho passa a ser realizado com base em informações assertivas”.

Estatísticos e matemáticos da empresa fazem inúmeras análises como saturação e mídia, com base em históricos de campanhas em alguns veículos, por exemplo, prossegue o executivo, reunindo sentimentos e percepções para ter visão assertiva, com o objetivo de trazer mais resultados.

A visibilidade de todo o cenário, com indicadores, agiliza a tomada de decisão e gera certamente mais eficiência às campanhas e também proporciona o valor agregado do aprendizado, pois possibilita visualizar os erros mais rapidamente e assim não repeti-los e corrigi-los. Tudo isso por meio de análise matemática e conhecimento dos dados.

Muito além de call center
No cenário digital, o contact center ganha brilho estratégico, considerando ser uma central de relacionamento com o cliente mais abrangente, por meio de variados canais como e-mail, chat, redes sociais, SMS, entre outros – uma espécie de hub do modelo omnichannel, uma das vedetes da nova era.

“Certamente, não haverá mais lugar para call center, em um mundo hiperconectado que precisa unificar dados provenientes de variadas frentes de interação empresa-cliente”, diz Gabriel Camargo, CEO da Deep Center, fornecedora de big data e Inteligência Artificial (IA) para contact centers, que cresceu 400% em faturamento nos últimos três trimestres de 2017.

Camargo ressalta que as empresas tiveram de criar mecanismos para atender aos clientes em todos os canais, mas não tinham uma visão única. E então, ele diz, perceberam o quanto era importante manter esses dados associados.

“A Deep Center é justamente uma fábrica de dados, capaz de unificá-los, incluindo os não estruturados. E começa pelo seu tratamento para qualificá-los. Assim, é possível saber qual é o canal de maior preferência do cliente, traçar o seu perfil, classificá-lo por região, verificar o melhor horário para a comunicação com ele e a melhor forma de contato, de maneira eficaz. Fazemos um verdadeiro retrato do cliente, um diagnóstico”, explica.

A extração do ouro na montanha de dados tem como protagonista uma plataforma de visualização, desenvolvida pela empresa, a Discovery. Camargo diz que ela explora e analisa dados, unindo Big Data com ahabilidades do segmento de contact center e cobrança para realizar gestão da informação e apoiar tomadas de decisões.

“Nossa solução pode integrar-se ao ERP da empresa e ao CRM, ficando mais abrangente e permitindo integração de dados em toda a organização. Os resultados são imediatos e a otimização do tempo é significativa, a partir da eliminação de chamadas com falhas e do tempo ocioso do contact center”, garante.

Hoje, a empresa possui 60 contact centers conectados à Discovery, agilizando as tomadas de decisão nos clientes com o principal objetivo de romper com a forma tradicional e evoluindo para a nova era. O maior impacto que proporciona, segundo Camargo, é a tomada de decisão em real time, em razão da visibilidade da análise dos dados que proporciona.

“Nossa plataforma está conquistando cada vez mais clientes que desejam trabalhar no modelo omnichannel. E nosso primeiro passo é o Raio X do negócio. Eliminamos processos manuais para extração de dados, agilizando as tomadas de decisão em tempo real.”

bigdata

A ebulição de dados, em evolução
Para Rafael Albuquerque, CEO da UnitFour, empresa atuante no mercado de dados, big data ainda precisa evoluir muito. Segundo ele, alguns segmentos continuam operando de forma antiga e ainda enfrentam a falta de profissionais qualificados, como estatísticos, matemáticos e desenvolvedores.

Na avaliação de Albuquerque, bancos que nasceram no berço digital, por exemplo, trabalham melhor o big data e também construtoras e montadoras de veículos. Ele cita como exemplo uma empresa da indústria automotiva, que possui mais de 200 robôs para a captura de dados. De posse do histórico de veículos de uma pessoa, é possível verificar que ele está vendendo o seu carro em um site. “Essa informação revela o momento desse potencial cliente para a compra de um novo carro. É uma probabilidade altamente valiosa para montadoras e seguradoras, não?”, questiona.

Por isso, segundo ele, a qualificação dos dados é muito importante porque gera lucro inevitável em todos os sentidos, tornando as campanhas de marketing mais assertivas ao identificar o momento propício para a venda e sua consequente efetivação, aumentando as chances de sucesso. “As campanhas com a tecnologia, em média, aumentam a efetivação entre 30% e 40%, por meio do mapeamento do público”, garante.

Na avaliação do executivo, empresas que trabalham no mercado de cobrança, por exemplo, informações estratégicas como essas são valiosas para aumentar a taxa de recuperação de crédito, obtidas por meio de recursos de Machine Learning.

Para proporcionar essas vantagens competitivas por meio da qualificação de dados e visibilidade, a empresa conta com um time de profissionais composto também por estatísticos e matemáticos, que realizam uma parte muito importante do big data: a captura de dados.

“Eles extraem o ouro da massa de dados, separam o joio do trigo. E o ponto crítico hoje ainda é a cultura nessa qualificação de dados e temos de caminhar muito nesse sentido. Estamos nessa jornada de excelência”, garante Albuquerque e alerta: “Quando se trabalha de maneira inteligente com os dados, os tornando qualificados, é possível revolucionar o modelo de negócio, e o retorno do investimento acontece muito rápido”


  • 0
analytics

Como usar o Google Analytics para mídias sociais

Tags : 

Como usar o Google Analytics para mídias sociais

Você sabia que o gasto com mídia social aumentará em 71% nos próximos cinco anos? E você sabia que 42,3% dos profissionais de marketing acreditam que as mídias sociais têm um grande impacto em seus negócios?

Não importa qual seja o seu negócio ou quem são seus clientes, adicionar mídias sociais ao seu mix de marketing pode levar sua marca ao próximo nível.

Mas aqui está uma verdade brutal sobre marketing de mídia social: um grande número de marcas não consegue medir efetivamente o impacto de seus esforços de marketing de mídia social.

De fato, a pesquisa do CMO 2018 afirmou que apenas 23,3% dos profissionais de marketing são capazes de provar quantitativamente o impacto do marketing de mídia social.

Então, a questão é: como os profissionais de marketing medem o impacto de suas estratégias de marketing de mídia social ? E é possível fazê-lo sem gastar um braço e uma perna em ferramentas e recursos de marketing caros?

A resposta é simples. Sim. Ele aproveita o poder de aproveitar o Google Analytics.

Nesta postagem, abordaremos como usar o Google Analytics para marketing de mídia social com eficiência para ajudar sua marca a responder às perguntas mais importantes sobre sua estratégia. Veja como você pode começar:

Como configurar um painel de marketing de mídia social no Google Analytics

Com dados quantitativos relevantes, o Google Analytics ajuda você a identificar facilmente quais plataformas de mídia social geram o tráfego máximo segmentado para seu site. Além disso, é possível descobrir como esses usuários de mídia social interagem com seu website.

Além disso, a configuração de um painel do Google Analytics para monitorar e analisar seus esforços de mídia social ajuda a determinar seu ROI de mídia social .

Veja como você configura facilmente um painel de marketing de mídia social no Google Analytics:

Identifique suas metas e objetivos de mídia social

Objetivos SMART (Específicos, Mensuráveis, Alcançáveis, Relevantes e Antecipados) são um componente essencial de qualquer atividade de marketing bem-sucedida. Antes de começar a acompanhar e medir seus esforços de marketing de mídia social usando o Google Analytics, você precisa identificar e criar metas e objetivos de mídia social SMART .

Mas lembre-se de alinhar suas metas e objetivos de marketing de mídia social com a estratégia de marketing mais ampla de sua empresa. Digamos que sua meta de mídia social seja gerar tráfego relevante e segmentado para seu website. Embora seja um bom começo, torne-o SMART com alguns ajustes:

“Aumentaremos nosso tráfego mensal do Twitter em 20% nos próximos quatro meses.”

Então você precisará criar estratégias que ajudem você a atingir esse objetivo em tempo hábil.

Com base na meta acima, sua primeira etapa pode ser usar uma ferramenta como o Buzzsumo para encontrar conteúdo em seu setor que já tenha sido altamente compartilhado no Twitter. Em seguida, crie algo semelhante em seu próprio site e promova-o no Twitter.

Essencialmente, seus objetivos informarão sua estratégia, bem como as métricas que você acompanha para avaliar o sucesso.

Defina seu código de acompanhamento do Google Analytics

Agora que você identificou suas metas e objetivos de mídia social, configure um código de acompanhamento de análise em seu site. Seu código de acompanhamento é o que permite ao Google analisar o tráfego para seu site para que você possa obter dados quantitativos e acionáveis.

Você pode usar o Gerenciador de tags do Google para coletar dados de rastreamento. Ou você pode configurar diretamente um código de acompanhamento de análise em seu website. Nós vamos mostrar-lhe como fazer as duas coisas.

Como instalar o Google Analytics com o Gerenciador de tags do Google

Usar o Gerenciador de tags do Google talvez seja a maneira mais fácil de coletar dados acionáveis ​​para comprovar seu ROI de marketing de mídia social. Na verdade, o Google recomenda o uso do Gerenciador de tags, pois simplifica o gerenciamento de tags em seu website. Isso facilita a adição de outras tags, incluindo as tags de acompanhamento de conversões e remarketing do Google AdWords.

Veja como adicionar o Google Analytics por meio do Gerenciador de tags do Google:

  1. Configure um código do Contêiner do Gerenciador de tags e adicione-o ao seu site.
  2. Selecione “Tags”, selecione “Novo” e, em seguida, selecione o tipo de tag “Universal Analytics” no Gerenciador de tags do Google.
  3. Configure sua tag:
    a. Nomeie sua tag
    b. Adicione o ID da propriedade do Google Analytics
    c. Selecione o tipo de trilha de acordo com seus objetivos e metas
  4. Selecione gatilhos de disparo. Em seguida, selecione “Todas as páginas” para coletar dados para cada página do seu site.
  5. Escolha “Criar tag”.
  6. Agora basta publicar a tag.

Confira este artigo da Moz para obter mais detalhes sobre como começar a usar o Gerenciador de tags do Google.

Como adicionar o código de acompanhamento do Google Analytics diretamente ao seu site

Veja como adicionar o Google Analytics ao seu site:

  • Faça login na sua conta do Google Analytics, clique em “Administrador”. Agora, selecione a propriedade do seu website nas colunas de conta e propriedade. Agora clique em “Informações de acompanhamento” e depois em “Código de acompanhamento”.
  • Simplesmente copie o trecho. Lembre-se, você pode usar apenas um código de acompanhamento para um website.
  • Agora cole este snippet em cada página que você deseja monitorar e acompanhar. Lembre-se de colar o snippet antes da tag de fechamento </ head>.

Adicione objetivos de mídia social no Google Analytics

Agora que você configurou um código de acompanhamento do Google Analytics para seu website, é hora de adicionar suas metas de mídia social ao seu Painel do Google Analytics. Alguns dos objetivos mais comuns são tráfego, downloads, tempo de permanência e visualizações de página.

Você pode adicionar suas metas de mídia social fazendo login na sua conta do Google Analytics e clicando na guia “Administrador”. Em seguida, clique em “Visualizar” e clique em “Metas” e “Nova meta”.

Vamos supor que seu objetivo seja acompanhar o total de assinaturas de boletins informativos.

Nesse caso, aqui está o que você precisa fazer:

  • Vá para “Goal Setup” e adicione um template de sua escolha. No entanto, sugiro que você use o modelo “Personalizado”.
  • Na “Descrição da meta”, nomeie sua meta de mídia social. Para este caso, seria assinaturas de email.
  • No campo “Detalhes da meta”, selecione a página de destino ou o destino para rastrear e medir sua meta. Aqui, preencha o URL da sua página de destino sem o nome do domínio.

É isso aí. Você está feito!

Agora salve suas metas de mídia social e ela começará a acompanhar e analisar o tráfego para sua página de destino selecionada.

Como interpretar dados de mídia social no Google Analytics

Agora que você configurou um painel do Google Analytics, é hora de começar a monitorar o impacto dos seus esforços de marketing de mídia social com os relatórios de analítica social do Google Analytics. Esses relatórios podem ser acessados ​​clicando na guia “Relatórios”, depois em “Aquisição” e depois em “Social”.

Aqui está a grande questão:

“Quais relatórios de análise social você deve monitorar para analisar a eficácia do seu marketing de mídia social?”

É altamente recomendável integrar seu Google Analytics a plataformas como o Supermetrics para simplificar o processo de análise dos dados do GA. Você pode vincular os dados a outras fontes de dados, como Facebook, Twitter e outras plataformas de mídia social.

A plataforma puxa facilmente todas as métricas do Google Analytics de que você precisa para monitorar seu desempenho. A partir de um único painel, você poderá acompanhar métricas como impressões, cliques, conversões, CTR, receita por clique etc.

Aqui estão os sete tipos diferentes de relatórios de analítica social que ajudarão você a entender o impacto dos seus esforços de marketing de mídia social:

1. Público: dados demográficos e interesses

Tenho certeza de que você concordará que o principal objetivo de qualquer campanha de mídia social é alcançar o conjunto certo de públicos-alvo.

Lembre-se, nem todo usuário de mídia social é o seu público-alvo. Em outras palavras, não basta apenas direcionar o tráfego das mídias sociais . Você precisará direcionar o tráfego segmentado e relevante.

É aqui que o “Dados demográficos e interesses” do Google Analytics vem em seu socorro.

Ele permite que você analise as informações demográficas e de interesse dos visitantes que chegam ao seu site. Isso pode ajudar você a entender se suas estratégias de marketing de mídia social são eficazes o suficiente para atrair o tipo certo de público-alvo.

Para fazer isso, você precisará filtrar o tráfego de mídia social do segmento de tráfego geral. Depois de filtrar o tráfego, esse relatório ajudará você a descobrir se sua segmentação por mídia social é eficiente o suficiente para direcionar o tráfego desejado. Ele fornecerá insights para ajudar você a expandir seu público.

2. Público: User Explorer

Em seguida, você precisa verificar se as pessoas estão realizando a ação desejada depois de serem direcionadas de sites de mídia social. Para fazer isso, você precisará analisar a jornada do usuário. O relatório “User Explorer” ajudará você a entender quais sites de redes sociais estão direcionando os visitantes que retornam ao seu site. E como esses visitantes navegam pelo seu site e quando esses visitantes repetidos retornam.

Este relatório ajudará você a entender como os visitantes consomem e interagem com seu conteúdo de marca durante toda a jornada do comprador.

3. Conversões

Este é mais um relatório que permite entender o impacto e a eficácia de suas estratégias de marketing de mídia social. As conversões podem ser envios de formulários, vendas, assinaturas de e-mail, exibições de página ou sessões exclusivas.

Com o relatório “Conversões”, você mede o impacto do marketing de mídia social na sua taxa de conversão.

Separe facilmente o tráfego de mídia social como um segmento para analisar conversões. Mas é importante evitar a abordagem do “último clique”. Como as mídias sociais geralmente geram visitas antecipadas na jornada do comprador, mesmo quando não é a última origem de cliques que leva a conversões.

Observar os dados com a abordagem do último clique não ajudaria você a entender o impacto geral dos seus canais de marketing de mídia social. Felizmente, existem outros meios para obter essa informação.

4. Conversões: conversões assistidas

O não tão popular relatório “Conversões assistidas” oferece uma visão completa do impacto das diferentes origens do canal que levam à conversão final. As “Conversões assistidas” são atribuídas às várias sessões de usuários anteriores às conversões.

Este relatório ajuda você a identificar os diferentes canais que estão pressionando um usuário a entrar em seu site antes de convertê-lo em um cliente de compra real.

5. Conversões: principais caminhos de conversão

Esse relatório permite que você entenda o caminho que seus usuários realizam antes de converter. Isso significa que o relatório ajuda a identificar todos os sites de mídia social que estão gerando visitas ao seu website.

Também mostrará a frequência das conversões de cada caminho. Basicamente, este relatório ajudará você a entender como o marketing de mídia social está funcionando para você em termos de empurrar as pessoas para baixo do seu funil de vendas.

6. Aquisição: Relatórios Sociais

Este relatório do Google Analytics se concentra exclusivamente nas mídias sociais. Este relatório oferece insights exaustivos sobre o tráfego social para ajudar você a entender o impacto do segmento de mídia social.

Este relatório oferece:

  • Visão geral do tráfego social
  • Visão geral de sites de mídia social específicos direcionando tráfego
  • Páginas de destino para tráfego social
  • Conversões atribuídas a determinados sites de mídia social
  • Engajamento de conteúdo e relatório de fluxo do usuário

Esses relatórios podem oferecer insights exaustivos sobre se o tráfego social está ajudando você a atingir suas metas ou não.

7. Avaliação comparativa

Como o nome sugere, o relatório “Comparativo de mercado” oferece insights sobre seu tráfego e compara-o com seus concorrentes no setor. Filtre o relatório para ver o benchmark em diferentes setores e segmentos. Este relatório aponta na direção certa e ajuda você a melhorar sua estratégia de marketing de mídia social.

Principais conclusões

Será mais fácil criar e otimizar sua estratégia de marketing de mídia social se você tiver dados de usuário adequados em mãos. E o Google Analytics ajuda você a acessar esses dados sem ter que ser executado de um lado para outro.

Agora que você sabe como usar o Google Analytics para criar, otimizar e melhorar suas estratégias de marketing de mídia social, coloque esse conhecimento em prática e prepare-se para impulsionar seu tráfego social, vendas e conversões.

Publicado por: Shane Barker

  • 0
analise-redesociais

Ferramentas gratuitas de monitoramento de mídia social

Tags : 

Ferramentas gratuitas de monitoramento de mídia social

 

A chave para aproveitar ao máximo as mídias sociais é ouvir o que seu público tem a dizer sobre você, seus concorrentes e o mercado em geral. Depois de ter os dados, você pode realizar análises e, finalmente, alcançar a inteligência comercial social; usando todas essas informações para conhecer melhor seus clientes e melhorar sua estratégia de marketing.

Se você é um iniciante em redes sociais, esta lista das  Ferramentas de Monitoramento de redes sociais grátis pode ser útil. Ao procurar uma ferramenta, é uma boa ideia tentar alguns deles e escolher o que melhor se adapta às suas necessidades.

Segue abaixo algumas das ferramentas de monitoramento presentes na internet. Há no entanto, outras centenas de ferramentas, online ou offline que serve para monitorar redes e mídias sociais. Algumas pagas outras free, algumas mais fáceis de usar outras mais difíceis, algumas mais intuitivas e outras nem tanto. Assim, escolher uma boa ferramenta para analisar suas redes é fundamental. É importante que se analise várias ferramentas e verifique a que mais se adeque à sua necessidade e ao seu perfil.

Já testamos dezenas e dezenas de ferramentas, realmente é uma escolha difícil, diríamos dificílima, e por uma série de fatores, dentre eles:

  1. Falta de transparência na coleta de dados – Talvez esse seja um dos piores problemas, pois 98% das ferramentas não informa de forma verdadeira e concreta como ela raspas as bases de dados das APIs das redes sociais. Já percebemos que na maioria dos casos, as raspagens acabam trazendo muito lixo e muita informação, que não deixa de ser importante, mas que estão totalmente fora do escopo do que se está trabalhando ou do objetivo central da coleta;
  2. Muito conteúdo repetido – Se quiser realizar uma análise mais fidedigna, terá que colocar a mão na massa e limpar bastante sua base de informações, pois muitos conteúdo são duplicados, triplicados e etc. Se não houver uma limpeza, seu relatório apresentará resultados falsos;
  3. Muito lixo – Tem muita informação que é raspada, e que realmente é lixo, principalmente, as intervenções que foram realizadas por robot. Não digo que essas informações não sejam importantes, elas até são importantes dentro de uma leitura global, para entender a utilização desses mecanismos. Agora, muitas vezes essas postagens, comentários, curtidas e etc, não foram realizadas por humanos e sim por máquinas que estão simplesmente replicando conteúdo mecanicamente.

Então, como se pode perceber, o monitoramento de redes sociais não é uma tarefa fácil. As ferramentas até ajudam, mas infelizmente, por enquanto, a intervenção humana na catalogação, filtração, limpeza, gerenciamento e valoração de conteúdo é imprescindível.

Dito isto, vamos dar uma olhada em algumas das melhores ferramentas de monitoramento gratuito:

1) Hootsuite

A Hootsuite é uma das melhores ferramentas de audição de redes sociais gratuitas disponíveis e cobre múltiplas redes sociais, incluindo Twitter, Facebook, LinkedIn, WordPress, Foursquare e Google+. É bem conhecido por suas funções de gerenciamento de mídia social.

Os relatórios semanais e a excelente facilidade de gerenciamento de equipe (delegar tarefas, enviar mensagens privadas) podem ser muito úteis quando há mais de uma pessoa que administra as contas de redes sociais.

hootsuite

2) TweetReach

TweetReach é uma ótima ferramenta de monitoramento para o seu negócio se você estiver interessado em verificar o quão longe seus Tweets viajam. TweetReach mede o impacto real e as implicações das discussões das redes sociais.

É uma boa maneira de descobrir quais são seus seguidores mais influentes, orientando-o implicitamente para as pessoas certas que você deveria segmentar ao tentar compartilhar e promover conteúdo online.

tweetreach

3) Klout

Klout é provavelmente uma das mais controversas ferramentas de monitoramento de redes sociais. Há aqueles que odeiam e afirmam que seu sistema de pontuação é completamente impreciso e que tentar interagir com eles é uma missão impossível (uma coisa curiosa, pois eles oferecem serviços de medição de interação).

Por outro lado, algumas pessoas acham útil, pois mede a influência através do engajamento no Twitter. É um bom meio de manter o olho no que as pessoas pensam sobre sua marca e ver o que mais as influencia.

Usando a pontuação Klout, você pode ajustar suas postagens de acordo com os interesses do público-alvo e aumentar sua taxa de engajamento.

klout

4) Menção Social

Muito popular entre os entusiastas das redes sociais, a Menção Social monitora mais de cem sites de redes sociais. Provavelmente é uma das melhores ferramentas de escuta livre no mercado, pois analisa os dados com mais profundidade e influencia as medidas com 4 categorias: Força, Sentimento, Paixão e Alcance. Ele também exibe as principais palavras-chave, hashtags e sites.

social-mention

5) Twazzup

O Twazzup é ótimo para iniciantes de redes sociais que procuram uma ferramenta de monitoramento do Twitter. Basta inserir o nome que deseja acompanhar e instantaneamente obter atualizações em tempo real, o que significa os principais influenciadores mais ativos, a maioria das fotos e links retweeted e, o mais importante, as 10 principais palavras-chave relacionadas à sua pesquisa.

twazzup

6) Addictomatic

Se pretender obter uma visão geral de uma marca, a Addictomatic pode ser muito útil e tão simples quanto a Twazzup. A única diferença é que a Addictomatic se concentra em uma variedade de plataformas, incluindo Flickr, YouTube, Twitter, WordPress, Bing News, Delicious, Google, Ask.com, etc. É realmente útil para manter o olho nos desenvolvimentos recentes da indústria e na reputação da marca.

addictomatic

7) HowSociable

HowSociable é uma ferramenta útil para medir a presença de sua mídia social e de seu concorrente.

Uma conta gratuita permite rastrear até 12 sites sociais, incluindo Tumblr e WordPress. No entanto, se você estiver interessado em mais de 24, entre eles, Facebook, Pinterest, Twitter, etc., é necessário uma conta pro.

A abordagem da HowSociable para o monitoramento social é um pouco diferente, pois quebra as pontuações para diferentes plataformas de redes sociais, permitindo que você veja quais plataformas de redes sociais funcionam melhor para você e quais precisam de desenvolvimento adicional.

how socialable

8) IceRocket

Esta ferramenta oferece monitoramento de blog, Twitter e Facebook em 20 idiomas, bem como gráficos de resultados com os quais você pode jogar. Ele permite que você escolha o período de tempo que você está interessado em monitorar.

Ele pode ser usado para manter o olho na atividade do blog, mencionando sua marca, já que tem cerca de 200 milhões de blogs em sua base de dados e também oferecem a possibilidade de encontrar os últimos termos de tendências relacionados à sua pesquisa.

meltwater

9) TweetDeck

TweetDeck cobre as necessidades básicas de qualquer usuário do Twitter, por isso é uma boa opção para iniciantes. É uma ótima ferramenta para agendar tweets e monitorar suas interações e mensagens, bem como rastrear hashtags e gerenciar várias contas. Existe uma aplicação web, app chrome ou mac. O aplicativo do Windows deixou de funcionar em abril de 2016.

10)  Menção

Mencionar monitora milhões de fontes em 42 idiomas, ajudando você a permanecer em cima de todas as menções de sua marca em redes sociais, sites de notícias, fóruns, blogs ou qualquer página da web.

O aplicativo permite acompanhar as ações de sua equipe, compartilhar alertas e atribuir tarefas. A geração de relatórios e as menções de exportação podem ajudá-lo a obter um instantâneo de suas menções por fonte ou idioma durante um período de tempo selecionado. Eles oferecem um teste gratuito de 14 dias.

mention

11)  Twitonomy

A Twitonomy oferece uma gama de métricas de graça, com recursos premium habilitados por US $ 19 / mês. Basta iniciar sessão com a sua conta do Twitter para obter monitorização e métricas robustas sobre a sua conta. Você pode adicionar as alças do seu concorrente no Twitter para obter informações sobre sua atividade também.

Twitonomy mostra detalhes de suas listas de Twitter, seguidores e seguidores, seus Tweets mais populares, estatísticas de compromisso e muito mais.

Você pode acompanhar as conversas no Twitter com base em hashtags, usuários ou listas. Os detalhes são exibidos em gráficos e estatísticas facilmente digeríveis.

Twitonomy

12)  Followerwonk

Focando especificamente no Twitter, a Followerwonk é a ferramenta certa para encontrar, analisar e otimizar sua presença online para o crescimento social.

A ferramenta é perfeita para planejar campanhas de divulgação, permitindo que você pesquise no Twitter bios, conecte-se com influenciadores ou fãs e divida-os por localização, autoridade, número de seguidores e muito mais.

Curiosamente, com o Followerwonk, você pode comparar seu gráfico social com concorrentes, amigos ou líderes da indústria e medir o quão bem você está fazendo.

13)  SumAll

Destinado a pequenas e médias empresas, a SumAll é uma ferramenta de monitoramento de redes sociais multi-plataforma que o ajudará a entender a correlação entre seus canais sociais.

A interface do usuário leva um pouco de tempo para se familiarizar, mas há uma grande quantidade de métricas que você pode analisar.

As atualizações diárias de e-mail podem fornecer uma visão geral rápida das estatísticas de nível superior para sua conta em comparação com a semana anterior, permitindo que você reaja rapidamente e responda a problemas urgentes.

14)  Simplesmente Medido

Simplesmente Medido facilita a análise de sua atividade paga, de propriedade e lucro. O conjunto principal é uma ferramenta paga, mas ainda pode ser usado para criar relatórios individuais gratuitos para Instagram, Twitter, Facebook, Vine e Google+.

Eles fornecem informações como conteúdo do Facebook, análise de concorrentes e faixas, medição de métricas de atendimento ao cliente no Twitter, envolvimento do Instagram, análise de conteúdo e tendências e muitos outros.

15)  Alertas do Google

Com os Alertas do Google, você pode monitorar a web para novos conteúdos interessantes, menções da sua marca ou mesmo você, seus concorrentes, líderes da indústria e assim por diante. Como eles são extremamente fáceis de configurar, isso é montioring de redes sociais para iniciantes.

Ao criar um alerta do Google, você receberá notificações por e-mail sempre que o Google encontrar novos resultados em um tópico que o interessa em blogs, fóruns e sites de notícias.

Deve ficar claro se você chegou tão longe que o espaço da ferramenta de escuta social é cheio de gente.

 


  • 0

As melhores taxas de engajamento serão proporcionadas por conteúdos Transitórios

Tags : 

As melhores taxas de engajamento serão

proporcionadas por conteúdos Transitórios

 

Com mais e mais marcas tentando se conectar com o público em uma variedade de canais sociais, a atenção das pessoas está em declínio.

As empresas precisam rapidamente descobrir o que é melhor para o público, a fim de gerar melhor engajamento e maior fidelidade à marca.

Aqui estão cinco tendências cruciais de mídia social que terão o máximo impacto em sua estratégia de mídia social em 2018 e à frente.

1. O conteúdo transitório proporcionará a melhor taxa de engajamento

Snapchat levou à popularidade do conteúdo efêmero. Com 10 bilhões de visualizações diárias de vídeo , nenhum comerciante pode ignorar a plataforma que a Snapchat fornece. É a melhor maneira de atingir milhões de jovens e a Geração Z.Generation z

O conteúdo efêmero é de curta duração, e o mais longo que pode durar até 24 horas. Depois disso, desaparece para sempre.

Isso pode parecer assustador para os comerciantes, mas com a popularidade desse tipo de conteúdo, está forçando os desenvolvedores a construírem estratégias de marketing de conteúdo efêmero.

Existem várias vantagens que o conteúdo efêmero oferece:

  • O conteúdo que é de curta duração é pensado para ser mais autêntico versus anúncios patrocinados ou postagens de spam que objetivavam empurrar os clientes para realizarem compras.
  • O conteúdo é perdido em poucas horas, de modo que efetivamente eleva o potencial da (Fear oO Missing Out – Medo de perde uma oportunidade)FOMO. Como resultado, o público adota ação rápidas e os comerciantes ganham com isso.
  • Os usuários podem acessar o conteúdo facilmente com a ajuda de códigos instantâneos ou códigos QR.
  • O conteúdo efêmero dá-lhe a atenção dos potenciais clientes, que é, sem dúvida, a mercadoria mais apreciada na internet hoje.

Tenha um plano para atingir o público com a ajuda de uma estratégia de marketing de conteúdo efêmeros que gira essencialmente em torno da produção de conteúdo (vídeos e imagens) que seja capaz de envolver as audiências no menor tempo possível.

2. O conteúdo que envolve o público em um nível pessoal será mais apreciado

84%  da geração Y não confiam na publicidade tradicional, por isso não faz sentido criar conteúdo que seja escrito do ponto de vista comercial.geracao y

As pessoas não gostam de conteúdo que não é relevante para eles. Em vez disso, o conteúdo que é personalizado e baseado em pessoas do usuário é mais provável que seja lido e compartilhado.

Com pessoas do comprador, você obtém uma resposta exata ao que seu público deseja em vez de adivinhar. É muito melhor preparar conteúdo que resolva os problemas dos usuários .

Conheça seu mercado-alvo e crie um persona com base na idade, gênero, nível de escolaridade, renda, gostos, localização, etc.

Adote uma abordagem narrativa  e narre a história de uma maneira e linguagem que seu público entenda melhor.

Alcance os influenciadores e peça-lhes para compartilhar suas histórias de marca. O eMarketer previu que as opiniões de cerca de 45% das pessoas  que compram na internet são afetadas pelas opiniões de outras pessoas. Influenciadores são pessoas que estão conectadas com seu público em um nível pessoal e podem oferecer o melhor envolvimento, muitas vezes levando a vendas diretas, com recomendações simples.

Plataformas como Influence.co podem ajudar a encontrar influenciadores relacionados a um nicho particular. Além disso, entrar em contato com influenciadores também traz ganhos de otimização de mecanismo de pesquisa, pois as marcas podem alcançar um público muito mais amplo no menor tempo possível.

Participe com o público em um nível pessoal. Comente suas postagens, compartilhe suas vozes, marque-as e responda a elas quando elas precisam de você.

3. As empresas que alavancam o poder dos bots de bate-papo sociais para o serviço ao cliente ganharão o jogo

Gartner previu que até 2018, cerca de 30% das conversas serão auxiliadas por máquinas.

Um bate-papo é um aplicativo de software criado para simular uma conversa humana. É como um amigo do cliente. Ele auxilia as pessoas 24 horas por dia, 7 dias por semana e ajuda a melhorar as receitas, criando relacionamentos duradouros com clientes potenciais.

botsPara as empresas que têm milhares de seguidores, a adoção de uma estratégia de marketing personalizada para cada cliente que requeira responder aos comentários dos seguidores pode ser uma tarefa assustadora. Os bots do bate-papo podem ajudar criando interações um a um com cada seguidor e respondendo imediatamente às questões colocadas por eles. Eles são rápidos, eles iniciam respostas oportunas e são sempre educados, independentemente do quanto as respostas do cliente são ruins.

As marcas que usam bots de bate-papo para atendimento ao cliente certamente ganharão os corações do público e finalmente derrotarão seus concorrentes.

4. Transmissão ao vivo e interativa será a próxima grande coisa

O Facebook já oferece entretenimento ao vivo via Facebook Live, e as empresas devem usá-lo para atingir seus públicos-alvo de nicho.

O envio ao vivo exige o compromisso do público, de modo que ele irá manter os desinteressados ​​automaticamente.

Além disso, com canais de transmissão interativos como a Ágora , o modo de vida única é convertido em Streaming bidirecional, o que permite que as pessoas conversem entre si. A melhor parte é que seu público não precisa baixar outro aplicativo. Integra-se com os aplicativos existentes e permite que as marcas atinjam os consumidores em tempo real.

5. AI e reconhecimento de imagem já começaram a transformar o marketing de redes sociais

Inteligência ArtificialA mídia social não é mais um negócio de texto para os comerciantes. Com cerca de 3,2 bilhões de fotos sendo compartilhadas todos os dias em plataformas como Facebook, Instagram e Snapchat, a tendência está em direção ao conteúdo visual.

Com ferramentas como a Einstein Vision for Social Studio, as marcas agora têm o poder de procurar imagens relacionadas a suas marcas em mídias sociais. Este produto da Salesforce usa algoritmos de inteligência artificial como Einstein Image Classification para reconhecimento de imagem, juntamente com pesquisa visual, detecção de marca e identificação de produtos.

As marcas rapidamente precisam capitalizar esse fenômeno visual, pois as pessoas são mais propensas a compartilhar e comentar em postagens que contenham imagens. Com a AI no lugar, tornou-se mais fácil para os comerciantes encontrar imagens que não possuam menções de palavras-chave de texto nelas. Além disso, o processamento de imagem proporcionará melhores métricas e dados precisos para descobrir os detalhes minuciosos que permaneceram inacessíveis antes da AI.

Esperamos muitas mudanças na paisagem das redes sociais em 2018, o que significa que o papel dos comerciantes de redes sociais está se expandindo. Mobile-first é a estratégia a adaptar, e você só precisa combinar o poder do marketing de entrada com as estratégias discutidas acima para levar seu negócio ao próximo nível.

Conteúdo oriundo com leves alterações do texto:
Guy Sheetrit  é CEO da agência de marketing digital Over the Top SEO .

  • 0
Talkwalker

Tecnologia de análise de sentimento alimentada pelo AI do Talkwalker define novo padrão no mercado

Tags : 


  • 0

Modelo de Decreto Municipal que Regulamenta o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil

Tags : 

Modelo de Decreto Municipal que

Regulamenta o Marco Regulatório das

Organizações da Sociedade Civil no Âmbito Municipal

 

Com o advento da entrada no ordenamento jurídico do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil – MROSC, Lei n.º 13.019/2014, alterado pela Lei n.º 12.204/2015, que dispõe sobre o regime jurídico das parcerias com organizações da sociedade civil, e dá outras providências, é imprescindível que os estados e os municípios se adequem à nova legislação.

marco regulatório das organizaçoes da sociedade civil

Esclarecemos que os arquivos abaixo (o modelo de decreto municipal), são simplesmente modelos que seguem as determinações impostas pela Lei n.º 13.019/2014. É fundamental que a Câmara Municipal, a Procuradoria Municipal ou o Setor Jurídico do Município analise detidamente os modelos a fim de adequação às necessidades municipais.

Obs.: Todos os arquivos estão disponibilizados na extensão “doc”, podendo sofrer alterações conforme o interesse do município.

Modelo Completo

Texto da Lei

Anexos

  1. Modelo de Ofício de Demonstrativo de Interesse para o Chamamento Público;
  2. Modelo dos Dados Cadastrais da Instituição;
  3. Modelo de declaração de que a Instituição não possui débitos relativo a prestações de contas anteriores;
  4. Modelo de declaração de que a Instituição não emprega menores de idade;
  5. Modelo de que a Instituição não possui nenhum tipo de impedimento ou vedação;
  6. Modelo de Plano de Trabalho de Inexigibilidade ou Dispensa;
  7. Modelo de Capa do Relatório de Prestação de Contas;
  8. Modelo de Ofício encaminhando a Prestação de Contas;
  9. Modelo de Relatório de Execução Financeira;
  10. Modelo de Relatório confirmando o cumprimento do objeto – Prestação de Contas;
  11. Modelo de Relação de bens adquiridos, produzidos ou construídos;
  12. Modelo de Questionário da Avaliação da Prestação de Contas;
  13. Modelo de Parecer Técnico do Gestor;
  14. Modelo de Parecer da Comissão de Monitoramento e Avaliação;
  15. Modelo de Parecer do Controle Interno;
  16. Modelo do Parecer do Administrador;
  17. Modelo de Baixa Contábil;
  18. Modelo de Termo de Instauração de Tomada de Contas Especial;
  19. Modelo de Disponibilidade de Contra Partida;
  20. Modelo de Placa de Obra.
Qualquer dúvida quanto ao assunto descrito acima, pode nos chamar no WhatsApp que te responderemos imediatamente.

 WhatsApp: (61) 9 8206-1060 – (61) 4101-1560

 

*
*
*
 - 

  • 0
Redes Sociais

Por quê é imprescindível mapear as suas Redes Sociais?

Tags : 

POR QUE É IMPRESCINDÍVEL MAPEAR AS SUAS REDES SOCIAIS?

Hoje, mais do que nunca é imprescindível que você, – pessoa física, jurídica, empresa, pessoa pública ou não, pequeno comerciante, ou uma pessoa que simplesmente está interessada em avaliar e melhorar a performance do seu produto ou da sua imagem – mapeei as suas Redes Sociais?

Neste exato momento alguém pode estar espalhando um boato indesejado em sua rede. Nessas horas e nesses momentos é essencial o monitoramento da sua rede, conhecendo os atores que interagem com suas publicações, postagens, comentários, likes e etc.

Mapa de Comportamentos Digitais

As redes sociais, são cada vez mais, um retrato da sociedade civil como um todo, essas redes são os locais onde se compartilham conhecimento, discussões públicas, debates, disputas, apresentam se marcas, fideliza-se clientes, acompanha-se reputação de empresa ou marca, produto ou persona. Como local público, as conversas das redes sociais são tão importantes para serem mapeadas quanto qualquer outro grande aglomerado de pessoas discutindo um assunto ou tema. Os mapas de rede sociais em serviços como o Twitter, Facebook, Instagram, Linkedin, Youtube, Flickr, podem fornecer informações sobre o papel que os atores sociais desempenham nessa pequena organização digital. Esses mapas são como fotografias aéreas de uma multidão de atores/pessoas, mostrando de forma mais ou menos completa, a composição dos interesses de grupos, de uma população e uma ramificação estrutural da sociedade, de uma micro parcela da sociedade, de um nicho ou mesmo de indivíduos.

Como os mapas topográficos das cadeias de montanhas, os mapas de rede também podem ilustrar os pontos da paisagem que são mais elevados. Algumas pessoas ocupam locais em redes que são análogas a posições de importância estratégica na paisagem física. As medidas de rede de “centralidade” podem identificar “pessoas chave” em locais influentes na rede de discussão, destacando as pessoas que lideram a conversa. O conteúdo que essas pessoas criam é muitas vezes o mais popular e amplamente repetido nessas redes, refletindo o papel significativo que essas pessoas desempenham nas discussões das redes sociais.

Enquanto o mundo físico já foi mapeado em quase sua totalidade, a paisagem das mídias sociais permanece em grande parte desconhecida. No entanto, as ferramentas e técnicas para o mapeamento de redes sociais estão melhorando, permitindo que mais analistas obtenham dados das redes sociais, analisem e contribuam para a construção coletiva de um mapa mais completo do mundo das redes sociais. Um mapa e uma compreensão mais completa da paisagem das redes sociais ajudarão a interpretar as tendências, os tópicos e as implicações dessas novas tecnologias de comunicação.

Se você, sua empresa ou seu negócio quer estar na vanguarda das tendências e das novas informações de seu nicho, é imprescindível que você esteja nas redes sociais, mas, mais do que isso, que você prospecte informações e as analise criando mapas e relatório que possibilitem tomadas de decisões no presente e para o futuro.